Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
TARÔ TERAPÊUTICO   (13-12-2017)
AGENDA   (11-12-2017)
Galeria de Fotos  (04-12-2017)
NUMEROLOGIA  (04-12-2017)
MUNI  (04-12-2017)
HOME  (13-09-2017)
MESA DE CURA PLEIADIANA  (04-09-2017)
ATENDIMENTOS   (04-09-2017)
QUER AJUDA?
O que mais incomoda você hoje?
Não consigo melhorar
Problemas financeiros
Vida afetiva
Vida profissional
Minha mãe
Meu pai
Minha saude
Minha religião
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (2113 votos)



ONLINE
1




Partilhe este Site...

PagSeguro


A COBRANÇA ESPIRITUAL (PARTE II)
A COBRANÇA ESPIRITUAL (PARTE II)

por João Luiz Spósito - jlsposito@hotmail.com

Em continuidade ao artigo anterior “parte I”, onde trato da cobrança espiritual, suas causas, efeitos e a forma indicada de proceder para solucionar o caso, tratei especificamente do cobrador desencarnado , e nesta tratarei do  cobrador “encarnado” .

Para melhor entendimento, deste delicado processo, é necessário compreender que neste caso ocorre, identicamente ao processo do desencarnado, causas, efeitos e mesmo procedimentos.   

A diferença fundamental deste tipo de cobrador espiritual, estando ele encarnado. vive no mesmo espaço físico que o cobrado. Pode ser um colega de trabalho(um chefe ou patrão), colega de escola, um vizinho ou outro tipo de relacionamento.  Estes são os tipos mais leves de lidar, visto que,  ao mudar de trabalho, de residência ou escola você sai do raio de ação deles e tem duração temporária mais curta.

Os maiores e mais difíceis reajustes  são as cobranças espirituais que estão dentro de nossos laços consangüíneos. Pelo fato de que é muito mais difícil  nos esquivarmos destes que são nossos filhos, pais, irmãos e cônjuges.  Em sua maioria, serão esses também que irão nos testar no decorrer de toda uma vida terrena.

Muitas vezes, velhos contemporâneos inimigos do passado, agora como pai e filho por exemplo e que ambos aceitaram em espírito este compromisso a fim de se reajustarem através do amor e do perdão.

 Muitos endurecidos; porém como o espírito, por um desígnio divino, não traz a memória do passado encarnatório  e, mesmo de alguns acordos realizados no astral , muitas vezes ele se perde na dureza de seu coração e não consegue compreender que somente o amor irá fazer a diferença na comunhão  entre eles. Relações difíceis, se vistas pela razão do físico, mas ao entendermos os motivos e a grandeza deste processo preciso, iremos concordar com o divino.

 De outra forma, não conseguiríamos vencer a dureza de nossos corações e então nesta condição específica, temos que nos render e aprender a amar e perdoar.  Amar aquele pai, aquele filho, aquela mãe, saber dizer de coração eu te amo. Pedir perdão de coração em um abraço apertado é todo o medicamento necessário para a cura desta relação espiritual.  E  vai fazer toda a diferença no decorrer da vida desta família se assim devidamente medicados, curados, redimidos. 

Podemos nos voltar a outros aspectos de nossa vida com mais sabedoria, sabendo que estaremos evoluindo tão somente ao compreendermos que o amor começa dentro de nós, em nossa casa, em nossa família e, aplicando este bálsamo curador em velhas feridas que então começam a cicatrizar.

Que a luz do amor universal toque os corações daqueles que se comprometeram a evoluir com amor e compreensão .

texto revisado

João Luiz Spósito

jlsposito@hotmail.com

 

 

topo