Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
AGENDA  (11-06-2018)
CURSO DE APOMETRIA  (22-05-2018)
TERAPIA PARA A ALMA  (22-05-2018)
Quem são os ajudadores  (21-05-2018)
AS CINCO ETAPAS  (17-05-2018)
Está com Dificuldades?  (17-05-2018)
QUEM SÃO ?  (17-05-2018)
QUER AJUDA?
O que mais incomoda você hoje?
Não consigo melhorar
Problemas financeiros
Vida afetiva
Vida profissional
Minha mãe
Meu pai
Minha saude
Minha religião
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (2498 votos)



ONLINE
1




Partilhe esta Página

PagSeguro


QUANDO CULPAMOS
QUANDO CULPAMOS

<img src="https://img.comunidades.net/por/portalvialuz/cl_44743.JPG" border="0">

QUANDO CULPAMOS OS OUTROS PELO QUE NOS FAZ MAL, POTENCIALIZAMOS A SENSAÇÃO NEGATIVA EM NÓS

È como está afirmado no título, todas as vezes em que culpamos os outros pelo que nos faz mal, potencializamos a sensação negativa já atuante em nós mesmos.

E isso acontece porque quando culpamos os outros pelo que nos faz mal, nós estamos abrindo mão do nosso poder de resolver a situação positivamente, porque admitimos nossa escolha pela incapacidade, admitimos um estado de fraqueza e descontrole que escolhemos sentir e então a sensação negativa se potencializa até nos sufocar.

Em verdade escolher a opção de culpar os outros pelo que nos faz mal é uma tentativa de fuga de nossas próprias responsabilidades, sobre nossas próprias criações e essa forma de se comportar só irá gerar mais sensações de incapacidade, descontrole e mal estar em nossas vidas.

Só nós podemos ser responsáveis pelo que nos afeta, porque a paz começa em nós mesmos, quando alguém está em paz a partir de seu coração, nada pode perturbar a sólida energia e certeza pacífica gerada e mantida em si próprio.

Culpar os outros é um sintoma que pode demonstrar um estado de descontrole, incapacidade e fuga de suas próprias responsabilidades.

Todos nós, sem exceção somos responsáveis pelo que nos faz mal e também pelo que nos faz bem.

Nós somos responsáveis não só por nós mesmos,  mas com o todo em que vivemos, por que nossos pensamentos, palavras, gestos, ações, sentimentos e emoções são de nossa única responsabilidade e influenciam nossa realidade, portanto é preciso assumir que somos os criadores de nossas felicidades e também das infelicidades.

Acreditar que outra pessoa pode lhe fazer feliz ou infeliz é negar a sabedoria que temos dentro de nós, é uma ilusão deste mundo para criar dependência e embaçar a  visão da verdade.

A verdade é que só você mesmo é responsável por sua felicidade ou infelicidade, nenhuma outra pessoa neste mundo tem essa capacidade, a não ser que você mesmo conceda a outra , ou outras pessoas esse poder, portanto se tivermos de culpar alguém, usar um espelho seria a melhor forma de nos conscientizarmos, olhando o culpado olho no olho.

Sejam felizes com a consciência de que vocês mesmos são os únicos responsáveis por suas vidas, suas escolhas e seus resultados.

João Luiz Spósito- Brasília DF

Maio 2018

João Luiz Spósito, nascido em Niterói RJ e radicado em Brasília. Desde 2007 desenvolve atividades na diretoria do Espaço Terapêutico Portal Via Luz em Brasília.Terapeuta Reikiano. Médium espiritualista cristão especializado em cura desobsessiva desde 1998. Trabalha com aconselhamento em casos terapêuticos mais delicados, onde a origem espiritual se faz mais presente. Conhecimentos em radiestesia, homeopatia e terapias energéticas variadas atuando nos corpos sutis: emocional, mental e espiritual. Escritor e palestrante .

Contato: 61 98224-7680  http://portalvialuz.no.comunidades.net/joao-luiz-sposito

 

ACESSE AO TEXTO NO SITE - CLUBE STUM - CLIQUE AQUI

topo